O que é a Taxa Selic e como ela influência na compra de um imóvel

O que é a Taxa Selic e como ela influência na compra de um imóvel

Se você costuma acompanhar jornais, vídeos e artigos de economia, provavelmente já deve ter ouvido falar sobre o índice conhecido como taxa Selic. A Selic influencia muito na compra de um imóvel e é comum vermos investidores do setor financeiro acompanhando-a com muita expectativa, além do mercado imobiliário sempre registrar sua diminuição e seu aumento das vendas de acordo com o seu comportamento. Mas, você sabe o que é a taxa Selic e como ela é tão influenciável na compra de seu imóvel? Vamos explicar!

O que é a Taxa Selic?

A Selic (Sistema Especial de Liquidação e Custódia), se trata da taxa básica de juros de economia e é o principal instrumento de política monetária utilizada pelo Banco Central para controlar a inflação. Portanto, a Taxa Selic influência todas as taxas de juros do país, como as taxas de juros dos empréstimos, dos financiamentos e das aplicações financeiras.

A Selic refere-se à taxa de juros apurada nas operações de empréstimos de um dia entre as instituições financeiras que utilizam títulos públicos federais como garantia. O BC opera no mercado de títulos públicos para que a taxa Selic efetiva esteja em linha com a meta definida na reunião do Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom).

Em resumo, essa alíquota é a maneira que o governo encontrou para frear a inflação e, com o seu aumento, os juros de financiamentos, empréstimos e cartões de créditos fica maiores e por consequência, desestimula o consumo dos brasileiros.

Cenário atual da taxa Selic

Recentemente anunciada pelo Banco Central, a taxa Selic obteve uma queda de 6% para 5,5% ao ano. Isso reflete o movimento favorável para a redução das taxas de administração e juros do crédito imobiliário. Com 5,5% ao ano, as instituições financeiras inclinam-se a movimentar e seguir o fluxo, reduzindo suas taxas para as mais variadas linhas de crédito.

Gráfico atual da taxa Selic. Fonte: Site do Banco Central

Mas, é claro que ela está sempre sujeita a sofrer variações. Para verificar a sua modificação, o cliente pode acompanhar pelo site do Banco Central.

Mas, como a Selic influencia na compra do imóvel?

Por exemplo, se a taxa Selic sobe, por consequência, os juros tendem a ficar mais caros para o financiamento imobiliário, cartões de créditos e empréstimos, e faz com que diminua a procura por financiamentos, desestimulando o consumo e favorecendo a queda da inflação.

Já em casos onde há uma queda na Selic, o momento fica menos atraente para os bancos emprestarem dinheiro para o governo e, desta forma, sobra-se mais no mercado e todos os outros financiamentos acabam ficando mais baratos e por consequência, há um impulsionamento dos financiamentos e compras a prazo, com juros menores e preços estáveis.

Portanto, um ponto importante para avaliar se é ou não o momento certo para comprar o seu imóvel, é o comportamento da economia brasileira. Mas, é interessante reiterar que a sua decisão de compra de um apartamento não deve se basear apenas no aumento ou na diminuição da Selic. Isso porque existem outros pontos que podem acabar prejudicando o sonho da casa própria, como o percentual de aumento salarial ou índice de desemprego.

Se você está à procura do seu imóvel e deseja compreender mais se é ou não um bom momento para comprar, entre em contato agora com os nossos especialistas, via WhatsApp, (41) 98803.6166, ou clicando aqui!

LEIA TAMBÉM:
O que é e como funciona a entrada do imóvel
O que é e quando sai o Habite-se do meu imóvel?

 #nostemosseuprimeiroimovel