Está com o nome sujo? Veja algumas dicas para limpá-lo e conseguir um financiamento imobiliário.

Está com o nome sujo? Veja algumas dicas para limpá-lo e conseguir um financiamento imobiliário.

Por mais complicado que seja, é normal nos complicarmos financeiramente com a conta de cartão de crédito ou alguma outra dívida do tipo, acabarmos ficando com o CPF negativado, o famoso nome sujo.

Se você se encontra nesta situação, e está quase desistindo do sonho de conquistar a sua casa própria, calma! Você ainda pode ter o seu tão sonhado imóvel, veja abaixo algumas dicas de como limpar o seu nome!

Faça uma análise

Você provavelmente já tem ciência de quais são as suas dívidas. Portanto, a primeira coisa que você precisa é analisar e calcular todas as suas dívidas, ter noção do valor delas, colocando tudo direitinho no papel. Após isso, descubra quem são os seus credores e como entrar em contato com eles.

Renegocie

Pego o contato de seus credores, é hora de renegociar sua dívida! Mas antes de qualquer coisa, analise as suas melhores condições de pagá-las, para não ir atrás de uma renegociação e sair mais desorganizado financeiramente do que entrou.

É muito importante ser muito sincero com os seus credores, deixando bem claro o quanto você pode pagar por mês e o quanto seria o ideal. Nesta renegociação, observe principalmente os juros e o custo efetivo total (CET), que são os valores geralmente cobrados em uma nova dívida.

Além disso, entenda que não existe hora melhor de se impor do que agora, mesmo que seja você o devedor, há muitos casos onde de tanto insistir, a empresa acabou tirando boa parte das multas por atraso e facilitando muito mais do que era desejado.

Vale lembrar que durante a renegociação, provavelmente será oferecido dois tipos de propostas: o parcelamento ou a eliminação de uma boa parte do valor para quitar o resto. No caso do parcelamento, a divida antiga é deletada e o seu nome é retirado dos serviços de proteção ao crédito em alguns dias úteis.  

Comece pelas dívidas maiores

Há sempre uma dúvida: começo pagando a dívida maior ou a menor? Comece pela maior!

Isto porque esse tipo de valor mais alto deve ser quitado o quanto antes, para que se evite uma incidência de juros e o risco de acabar tendo os seus bens penhorados. Lembre-se que, mesmo que haja uma certa urgência, não troque uma dívida grande por outra!

Ou seja, o ideal é que você consiga juntar uma boa quantia de dinheiro ou procure negociar o quanto antes, e não entrar na roubada de acreditar nessas empresas que “limpam” magicamente o seu nome ou então pegar um empréstimo para pagar uma dívida. Isso com certeza só irá atrasar mais ainda o seu sonho da casa própria.

Limpei meu nome! Em quanto tempo poderei fazer meu financiamento?

Na teoria, após você quitar a sua dívida ou renegociar de forma parcelada e já tendo efetuado o primeiro pagamento, em até cinco dias úteis o seu nome será tirado do cadastro do SPC e Serasa.

Após o seu nome ser retirado dos órgãos de restrição, você já poderá solicitar um financiamento, pois ao consultarem o seu nome, verificarão que ele já está limpo.

Porém, isso fica na teoria. Porque na realidade as instituições financeiras ainda enxergarão você como um “cliente de risco”, ou seja, alguém que já teve dívidas pendentes e tem mais possibilidades de dever novamente. Por isso, analisando como realmente ocorre esse processo, é ideal que você espere de 6 meses a 1 ano para tentar fazer financiamento imobiliário.

Para aumentar as suas chances de ter o financiamento aceito, é ideal que você siga as seguintes dicas para melhorar o seu score – Uma importante ferramenta que tem como objetivo auxiliar o processo de tomada de decisão de concessão de crédito e realização de negócios. O Score indica, por meio de uma pontuação, que vai de 0 e 1.000, qual a chance de determinado perfil de consumidores pagar as suas contas em dia nos próximos 12 meses.

  • Mantenha todas as suas contas pagas em dia, sem atrasar nenhuma, para mostrar que foi apenas um deslize.
  • Monte um planejamento financeiro para conseguir manter todas as contas e dívidas em dia.
  • Faça movimentações bancárias. As financeiras irão verificar a movimentação da sua conta e do seu cartão de crédito também.
  • Evite pagar o valor mínimo de uma fatura, já que isto gera juros e multas, e correndo riscos de voltar a ter o seu nome sujo!
  • Não tenha um número excessivo de cartões de crédito, mantenha apenas um ou no máximo dois.
  • Tenha contas em seu nome. Isto ajuda a subir o seu score.
  • Mantenha uma conta movimentada no banco em que você vai pedir um financiamento imobiliário
  • Converse com o seu gerente, seja sincero, mostre suas contas pagas em dia e o seu planejamento financeiro.  

Agora é hora de botar em prática essas dicas, limpar o seu nome e realizar o sonho da casa própria? Ainda possui alguma dúvida? Já limpou o seu nome e está procurando um imóvel? Então entre em contato agora com os nossos especialistas, via WhatsApp, (41) 98803.6166, ou clicando aqui!

 #nostemosseuprimeiroimovel