Crédito Imobiliário: o que é e como funciona?

Crédito Imobiliário: o que é e como funciona?

Entre as tantas dúvidas que surgem diante da compra de um imóvel, existe uma em especial que muitos ouvem falar e não sabem muito bem o que é: o crédito imobiliário! Por conta disso, para ajudar a você estar por dentro de tudo, explicaremos abaixo o que é realmente o crédito imobiliário e como ele funciona!

O que é?

Talvez você o conheça como financiamento imobiliário. Isto porque o crédito e o financiamento imobiliário são praticamente a mesma coisa! Trata-se então de um produto ofertado pelas instituições financeiras que tem o objetivo de facilitar a aquisição de um imóvel, já que aplicar capital em um imóvel requer um alto recurso e a grande maioria dos brasileiros não possuem o privilégio de terem dinheiro suficiente para comprar uma casa à vista.

Portanto, o crédito imobiliário é muito requisitado por quem não tem condições financeiras de comprar à vista o seu imóvel, e como ele é oferecido por meio de um parcelamento, contribui para que muitos consigam realizar o sonho de ter uma casa para chamar de sua.

Como funciona

Para que se compreenda melhor como funciona o crédito imobiliário, existem algumas categorias de créditos existentes no mercado:

Sistema Financeiro de Habitação (SFH)

Sendo o sistema de crédito imobiliário mais comum do Brasil, o SFH trata-se, no geral de um crédito voltado para imóveis de até 800 mil reais, na maioria dos estados, sendo que em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Distrito Federal, este valor pode chegar a 950 mil reais.

Sistema Financeiro Imobiliário (SFI)

O Sistema Financeiro Imobiliário não estabelece um limite para o montante do financiamento do imóvel e nem para os juros arrecadados, portanto, é voltado para imóveis acima do valor estipulado pelo SFH. No caso do SFI, o cliente só será realmente dono do imóvel após pagar toda a dívida, visto que a residência permanece em alienação fiduciária.

SAC

O Sistema de Amortização Constante é a forma de amortização da dívida, não sendo um sistema de regras que rege um financiamento, com taxas que afetam a dívida e assim o montante das prestações diminui à medida que o cliente vai quitando-a.

Price

A tabela Price é um tipo de amortização onde o consumidor possui um financiamento com suas prestações mantendo-se fixadas. Assim, a constituição da quantia das prestações virá distinto no transcorrer do financiamento.

SACRE

O Sistema de Amortização Crescente, chamado de SACRE, é a categoria de amortização menos utilizada, visto que as primeiras prestações possuem um montante menor e, à medida que o cliente vai quitando, o valor das parcelas ficam maiores, com o custo diminuindo ao fim do financiamento.

Vale lembrar que é possível solicitar o seu crédito imobiliário em vários bancos, sendo a Caixa Econômica Federal a instituição financeira mais procurada, muito por conta das suas vantagens e facilidades.

Por onde começar?

O primeiro passo, e o mais importante de todos a se realizar é a simulação. Pois é graças a ela que o cliente conseguirá realizar uma comparação das diferentes formas e instituições. Tudo isso, se baseando na renda e na capacidade de pagamento.

Escolhendo e entendendo como essa dívida afetará sua vida financeira, o cliente enviará uma proposta para a instituição que escolheu, com seus dados pessoais, assim como a do crédito imobiliário. Vale lembrar que caso ainda não tenha escolhido um imóvel, ainda existe a possibilidade de obter uma carta de crédito que pode ser usada depois.

Se baseando nas informações fornecidas, a instituição fará a análise do seu crédito, para verificar se irá liberar ou não. Possuindo a renda compatível, se avaliará o imóvel, verificando se o financiado atende os requisitos.

Estando tudo certo com a documentação do comprador e do imóvel, será emitido o Contrato de Financiamento, que será assinado por ambos os envolvidos. Nesta fase, é preciso realizar o pagamento do ITBI – Imposto de Transmissão de Bens e Imóveis, e fazer o registro no Cartório de Registro de Imóveis. Lembrando que, caso o crédito seja pedido por meio do SFH e se for o primeiro imóvel, o mutuário terá descontos em diversas despesas.

Cumprindo todas as etapas citadas acima, agora é preciso enviar uma via do contrato registrada em cartório, à instituição financeira, que geralmente demora entre 5 a 10 dias úteis para que se tenha o valor liberado ao vendedor.

Portanto, percebemos que um crédito imobiliário precisa de disciplina na hora do pagamento das prestações, realizar as simulações antes de qualquer coisa e estar sempre em contato com uma empresa que possua profissionais competentes para lhe auxiliar neste momento tão importante.

Falando em empresa competente, com profissionais capacitados para lhe auxiliar, entre em contato agora com os nossos especialistas da Capriatti Imobiliária, via WhatsApp, (41) 98803.6166, ou clicando aqui!

#nóstemososeuprimeiroimóvel!