Carta de Crédito contemplada, vale a pena?

Carta de Crédito contemplada, vale a pena?

A carta de crédito contemplada pode ser uma ótima alternativa para quem pretende fugir das altas taxas de juros. Porém precisamos ter muita cautela para tomar essa decisão de compra. Vejamos abaixo que cuidados tomar.

Adquirir uma Carta de Crédito Contemplada pode ser uma boa saída?

Para começar, precisamos compreender antes, quais são os métodos de contemplação de um Consórcio.

Basicamente, temos duas formas:

*Sorteio: ocorre todos os meses um sorteio com a empresa contratada, onde a mesma concede direito ao sorteado a compra de um bem (seja imóvel ou veículo);

*Lance: durante o período do sorteio, é possível dar lances, e assim ter o direito de usufruir o valor da compra da carta;

A Carta Contemplada é uma cota de consórcio que já tenha passado, ou por sorteio, ou por lance.

Não esqueça de pesquisar sobre a idoneidade da administradora do consórcio, tendo boas referências da empresa, pode sim ser uma solução intermediária ao financiamento comum. 

Que precauções devemos ter antes de fazer a compra de uma carta de crédito contemplada?

Devemos sempre checar se há cadastro da administradora junto ao Banco Central. Confira a veracidade das informações com relação à cota oferecida. Valores devem sempre serem confirmados, e leia os contratos com atenção.

Porque fazer uso da carta de crédito contemplada?

Com a carta de crédito, você possui taxas de juros menores do que as praticadas pelos financiamentos, além disso, em alguns casos, você pode elevar o seu poder de baganha na negociação, já que ela representa dinheiro à vista.

De que modo é possível usar a carta de crédito contemplada?

Deve ser utilizada para o fim que foi comprada. Ou seja, se foi para comprar bens móveis, como carros, será utilizada somente para a compra de carros. O mesmo ocorre com casas, se comprar casa será somente para esse fim.

Entenda a definição de carta de crédito

A carta de crédito nada mais é do que a  reunião de pessoas físicas/jurídicas em um grupo, que tem prazo de cota pré-definido, originado por uma  administradora de consórcio.

Tem por meta fazer com que seus participantes consigam adquirir bens através de autofinanciamento. O contrato pode possuir por referência qualquer tipo de bem, seja de natureza móvel, ou imóvel.

Existe um prazo para adquirirmos um bem após a aquisição da carta de crédito contemplada?

Entre empresas de consórcio, não existe um prazo estabelecido. Assim, o valor equivalente ao crédito pode ser retirado e este passará por correção  até a hora que precisar ser utilizado.

É possível fazer a junção de cartas de crédito contemplada para comprar um bem?

Há possibilidade sim, caso o consórcio pertença ao mesmo tipo de grupo, por exemplo, podemos juntar as cotas da Caixa Econômica porque são do mesmo banco.  Em bancos diferentes não é possível fazer essa junção.

Por fim…

Se você busca adquirir seu imóvel com menores taxas de juros, a Carta de Crédito contemplada por ser um bom negócio!

>>> Conheça também nosso estoque de imóveis!

Se este artigo foi bom para você, deixe um comentário, ou compartilhe nas redes sociais.