60% dos brasileiros acreditam que o melhor momento de comprar um imóvel é agora!

60% dos brasileiros acreditam que o melhor momento de comprar um imóvel é agora!

O melhor momento para comprar seu imóvel é agora!

Descubra quais são as melhores opções de imóveis no mercado e aproveite este momento!

Te ajudar a conquistar o seu imóvel: sim 👍

Fazer spam: não 👎

Seu email está seguro conosco.

A gente tem falado muito por aqui, trazido inúmeros argumentos, e até mesmo opiniões de profissionais do mercado imobiliário sobre o melhor momento de comprar um imóvel ser agora.

Isso mesmo! Apesar de tantos acontecimentos, 2020 ainda sim é um ano que merece sua atenção no setor imobiliário.  

Agora, uma pesquisa da DataZap surge para ressaltar isso e revelar que 60% dos brasileiros acreditam que o atual cenário é o melhor momento para adquirir um imóvel.

O motivo disso é que a crise econômica, que surgiu devido à pandemia do novo Coronavírus, fez com que houvesse uma queda das taxas de juros e um aumento da oferta no mercado, o que proporcionou preços interessantes.

Por incrível que pareça, o mercado imobiliário teve uma reação positiva ao momento que vivemos.

Incentivos, como taxas de juros mais baixas, mantiveram o setor aquecido.

A melhor hora para comprar um imóvel é agora

Ainda falando da pesquisa, dentre os que desejam comprar um imóvel, 92% são para moradia e 8% para investimento.

Também é um momento perfeito para investir, já que, mesmo com a crise da saúde que vivemos, ainda sim muitos brasileiros seguem tendo uma vida financeira positiva e estão em busca de um imóvel para chamar de seu, seja para comprar ou até mesmo alugar.

A pandemia fez muitas pessoas repensarem sobre suas vidas, e contribuiu para que alguns brasileiros percebessem a importância de se ter um lugar próprio, já que uma propriedade constitui segurança e patrimônio.

Ainda falando deste grupo, 49% busca por apartamentos, 28% prefere casa de rua e apenas 15% busca por condomínios.

Mas por que este é o melhor momento para comprar um imóvel?

Como falamos um pouco acima, os juros estão em uma acentuada queda no Brasil.

E a Taxa Selic, a taxa de juros básica da nossa economia, alcançou o valor mais baixo da história.

Nos últimos 10 anos, os imóveis alcançaram uma valorização média de 9,4% ao ano.

Ou seja, trata-se de um rendimento 44% maior que o gerado pela poupança, por exemplo.

Outro ponto a se levar em conta é que o desemprego infelizmente está em alta.

Atualmente, temos cerca de 13,8 milhões de desempregados no Brasil, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Essa alta taxa de desemprego também causa um movimento no mercado, fazendo com que os valores dos imóveis permaneçam depreciados, o que difere do ápice em que se encontravam há alguns anos atrás.

Para exemplificar um pouco mais: quem investiu em um imóvel alguns anos atrás, ganhou 15,3% em média ao ano, considerando a valorização e renda do aluguel.

Enquanto isso, nesse mesmo período, outros investimentos financeiros tiveram uma média de rendimento de 9,8% ao ano.

Em resumo, ter um imóvel atualmente é sinônimo de segurança, patrimônio e moradia, e, neste momento de pandemia que estamos vivendo, o valor de uma casa própria fica ainda mais evidente.

Assim, com a queda da Selic, os financiamentos de imóveis estão muito mais acessíveis, seja para morar, alugar ou vender.

A hora de comprar é quando o preço está baixo!

Porém, segundo alguns especialistas do mercado imobiliário, isso não significa que os preços não podem reduzir mais ainda.

Além disso, investidores ressaltam o que sempre falamos por aqui: este momento histórico é perfeito para investir e adquirir um imóvel para ganhar tanto com a renda do aluguel quanto com a valorização do bem.

Especialistas ainda ressaltam que, com o prolongamento da quarentena, a demora do desenvolvimento de uma vacina e a crise econômica do país, deve haver uma baixa ainda mais acentuada dos preços médios praticados pelo setor imobiliário nos meses que seguirem.

O motivo disto é que muitas atividades da construção civil diminuíram. Mas, ainda assim, há uma ampla oferta de imóveis disponíveis em boa parte das cidades brasileiras.

Ficou interessado(a)?

Então entre já em contato com a Imobiliária Capriatti e fale com um de nossos profissionais capacitados!