2020 tem tudo para ser um excelente ano para investir em imóveis. Entenda!

2020 tem tudo para ser um excelente ano para investir em imóveis. Entenda!

Adeus ano velho, feliz ano novo! 2019 está apagando a luz e passando o bastão para o novíssimo 2020 que chega. Com este novo ciclo, muitas pesquisas sobre o mercado imobiliário também começam a surgir, junto a especialistas da área discutindo sobre o que foi e o que está por vir.

Uma destas pesquisas que mais vem levando discussões, é para prever se 2020 será ou não um bom ano para investir em imóveis e, ao que parece, será sim um excelente ano para investir na sua tão sonhada casa própria.

Pode parecer papo de vendedor, mas a verdade é que desde 2008, o mercado imobiliário já vem obtendo um crescimento notável, e mesmo que em 2014 os números tenham sim dado uma diminuída, muito por conta dos bancos começarem a restringir mais os créditos e pela temida crise econômica, em 2017 as coisas já voltaram a se estabilizar e melhorar.

Segundo o Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo, o SBPE, 2018 alcançou uma movimentação de R$57,7 milhões no setor imobiliário, o que representou um aumento de 33% ao compararmos com seu ano anterior. Enquanto isso, a SECOVI também apontou um aumento de uma média de 19% nas vendas de imóveis residenciais entre 2018 e 2019.

Por qual motivo devemos investir em um imóvel em 2020?

Diversos economistas alegam que o momento mais crítico da crise econômica do Brasil já está indo embora. Por conta disso, a tendência é de que a nossa economia volte a crescer novamente e, por consequência, o povo fique menos apreensivo a investir suas suadas economias em imóveis.

Ainda falando de dados, segundo a Fundação Getúlio Vargas, FGV, a demanda habitacional do Brasil alcançará 14 milhões de moradias nos próximos anos, o que fará com que os preços fiquem mais convidativos para quem está buscando sua casa. Outro ponto é que o caimento das taxas de juros também proporcionará um aumento considerável para se investir em imóveis, já que o valor final apresentará uma redução muito significativa.

Mais ofertas de crédito

Outro ponto que está ajudando a provar que o mercado imobiliário deve estar mais quente em 2020 se deve as operações de crédito mais facilitadas. Como ocorreu com a taxa Selic, outras taxas de juros devem diminuir consideravelmente, o que na teoria fará com que a população tenha mais facilidade em adquirir crédito e por consequência, aumente o seu consumo.

Além disso, é válido citar que recentemente a Caixa Econômica Federal diminuiu a taxa mínima para venda de imóveis, uma taxa referencial de 7,5% nas linhas de financiamento de crédito imobiliário. Claro que esta queda não refletirá imediatamente nos juros, porém, em seu último corte sofrido, a Caixa, o Itaú e o Banco do Brasil anunciaram que reduzirão as taxas para as diversas linhas de crédito, uma boa forma de pressionar a concorrência.

Por fim, se crê que este otimismo imobiliário vem surgindo também por conta do aumento de lançamentos que está ocorrendo em todo o país, um crescimento de cerca de 11% no segundo semestre ao compararmos com 2018.

Se você está desejando adquirir o seu tão sonhado imóvel em 2020, não perca tempo, acredite e comece a se preparar desde já! E claro, entre em contato agora com os nossos especialistas da Capriatti Imobiliária, via WhatsApp, (41) 98803.6166, ou clicando aqui!

 #nostemosseuprimeiroimovel